Análise: Fall Guys é extremamente divertido e viciante

Fizemos uma análise completa de Fall Guys

Desde o lançamento de Fall Guys, a gente vem jogando de forma desenfreada e vem fazendo conteúdo para que as pessoas melhorem ainda mais suas táticas para se tornarem mestres no jogo. Nessa análise, a gente vai falar um pouco sobre a criação de Fall Guys, tentando explorar o porquê do sucesso desse jogo tão viciante. Nós somos fãs absolutos de Fall Guys e vamos explicar aqui porque o jogo é tão divertido e tem feito tanto sucesso.

A gente jogou Fall Guys na E3 no ano passado e conversou com a galera da Devolver sobre o desenvolvimento do jogo. Na época, o jogo ainda tava na versão pre-alpha, e muito do que a gente vê hoje em Fall Guys não tinha nem sido colocado no papel. A ideia por trás do jogo já existia e já estava programada, mas todo o level design e o conceito por trás de diversos minigames ainda era incipiente e estava no processo de ser criado ainda.

Fall Guys mudou muito ao longo do seu desenvolvimento

Se vocês assistirem ao gameplay que fizemos na E3, o jogo tinha muita estrada pela frente para ter o gameplay refinado de hoje. No nosso vídeo, vocês podem fazer como os minigames Portas Malucas, Rei da Montanha e Pega-Pega eram. Já dava para ver o caminho que o jogo estava tomando, mas o desenvolvimento estava em seu estado bruto e passaria por muitas mudanças ainda. O próprio Pega-Pega era completamente diferente do que é hoje em dia, tanto em termos de design do level quanto na fluidez por trás das mecânicas do minigame.

Mas aqui, você já parou pra pensar no motivo pelo qual Fall Guys bombou tanto? São tantos os jogos de plataforma, minigames e battle-royales no mercado. Porque será que Fall Guys conseguiu se destacar dentre tantos jogos e alcançar o primeiro lugar absoluto na Twitch e na Steam, se mantendo entre os jogos mais jogados até hoje? Tem muitas nuances que vocês provavelmente não pararam pra pensar e a gente vai destrinchar aqui pra vocês.

A gente já conhece diversos jogos Battle Royale que bombam desde seu lançamento, como Fortnite, COD Warzone, PUBG e Free Fire. A questão é que esses jogos, apesar de terem suas diferenças, possuem conceitos basicamente iguais, mudando algumas mecânicas aqui e lá e possuindo gameplays próprios que fazem jogadores gostarem de um ou do outro. Fazendo uma análise de Fall Guys, entretanto, pode-se ver que o jogo acertou por ser o primeiro Battle Royale de plataforma acessível e sem concorrência.

A evolução dos jogos de plataforma

Muita gente se esquece disso, mas o gênero responsável por fazer com que videogames se tornassem uma mídia de massa foi o de plataforma, com o nosso famoso bigodudo Mario nas décadas de 80 e 90. O jogo oferecia uma mecânica de gameplay desafiadora e sem muito mistério. Só era necessário pular no tempo certo, tomar cuidado com os inimigos, e gravar os macetes de cada fase. Essa mecânica era muito acessível, possibilitando que pessoas de todas as faixas etárias e com diferentes níveis de experiência em videogames pudessem desfrutar do jogo.

Fall Guys, tendo em sua essências diversas mecânicas de jogos de plataforma, naturalmente herdou essas características de títulos como Mario. Qualquer pessoa pode jogar Fall Guys sem muitas dificuldades. Basta correr, pular, se jogar, segurar os outros e é isso. À medida que o tempo vai passando você vai gravando cada minigame e vai pegando o jeito de como passar por eles da melhor forma. Acessibilidade é a palavra, e Fall Guys tem isso no seu core.

Não bastasse esse elemento, que torna o jogo fácil e divertido para qualquer um, nós temos características também de um party-game à la Mario Party. Para ganhar o minigame, não basta ser habilidoso, você precisa evitar com que os outros jogadores passem a sua frente. Essa ideia de disputa já existia desde a década de 90, e é basicamente o que mais atrai nos Battle Royales. Não somente o jogo vai te atrapalhar, mas todos os outros jogadores querem que você perca a todo custo. Ainda, isso faz com que o jogo atinja diferentes gerações, desde os jogadores da década de 90, que passaram muitas horas jogando jogos de plataforma e party games, até jogadores mais jovens, que viram a ascensão dos Battle Royales durante a última década.

Uma análise: Você sabe porque Fall Guys vicia?

Agora, algumas escolhas de design passam completamente despercebidas pelos jogadores, que só focam em se divertir e vencer, e não tem nada de errado com isso. Por exemplo, a paleta de cores e a escolha da trilha sonora do jogo. Primeiramente, o jogo usa e abusa da teoria das cores para chamar a atenção dos jogadores. A escolha das cores para o menu do jogo, as fases e skins é muito chamativa não somente para jogadores, mas também para telespectadores, seguindo certinho a cartilha do que deve ser feito para thumbnails de Youtube e Twitch. Isso explica muito o fato de que as pessoas têm assistido tanto a gameplays de Fall Guys nessas plataformas. Se fizemos uma análise de qualquer print não trabalhado do jogo, dá pra ver que qualquer imagem já possui diversos elementos necessários para se criar uma thumbnail chamativa.

Continuando, a trilha sonora, que não é tão variada ainda, segue mais ou menos a mesma linha, só que utilizando a sua audição para te viciar no jogo. Todas as músicas são bastante aceleradas, o que faz com que se tenha uma sensação de tensão em todos os minigames. Além disso, elas se utilizam muito de uma batida com um bass seco, que se assemelha ao batimento cardíaco humano. Essa técnica já é batida e muito utilizada tanto em games quanto filmes para trazer imersão. Você é colocado no corpo tenso do personagem que luta pela própria vida. Além dessas frequências mais baixas para trazer essa imersão, nós temos o uso e abuso de frequências altas, que são usadas prioritariamente para alertar e chamar atenção das pessoas. Essas frequências e notas altas complementam a paleta de cores chamativa, chamando muito a atenção dos jogadores, que acabam ficando vidrados no jogo.

Foi tudo pensado

Não ache que os desenvolvedores de Fall Guys criaram todos esses elementos na sorte. Tanto na nossa conversa no ano passado quanto na entrevista que eles deram para a IGN falando sobre o desenvolvimento do minigame Escalada Suja, um dos mais difíceis, eles fizeram uma análise do porquê de tudo. Os próprios mapas de corrida ou sobrevivência tendem a seguir uma progressão de cores frias, que trazem uma sensação de calma, à cores quentes nas suas partes finais, que estimulam e alertam os jogadores.

O jogo traz também o elemento da customização, que faz com que os jogadores possam trazer a sua personalidade para o jogo. Os bonecos, ou Fall Guys, têm uma forma genérica. Alguns chamam de ovo, outros de minions, e já vi até chamarem de boneco de massinha, mas a verdade é que a Devolver os chama simplesmente de Jujubas. Eles não têm personalidade sem as centenas de skins que foram criadas para que as pessoas se identifiquem e reproduzam seus gostos dentro do jogo. Você pode ser o que quiser dentro do jogo, e o fato de que é possível comprar todas as roupas do jogo somente jogando, faz com que você queira jogar ainda mais. A Devolver prestou bastante atenção na reclamação dos jogadores com loot-boxes e compras in-game e possibilitou que tudo fosse acessível somente jogando. Ponto para a empresa.

Conclusão

Para finalizar a análise, Fall Guys funciona no sistema de Seasons, sendo que não somente mais minigames serão adicionados, mas os que já existem podem ser completamente modificados. Você pode se tornar o mestre em todos os minigames, mas saiba que em algum momento nos próximos meses os mapas vão mudar e você vai ter que se adaptar. Essa atualização constante do jogo funciona bastante no sentido de manter o jogo sempre renovado. Isso também evita que as pessoas enjoem de jogar sempre as mesmas fases de forma repetida.

Resumindo essa análise, Fall Guys junta o melhor de diversos gêneros de videogames, seja Battle Royale, Plataforma ou Party Game, e usa e abusa de teorias das cores e da música para chamar a sua atenção dentro e fora do jogo. Esses são os elementos que fazem com que todos nós estejamos viciados jogando Fall Guys de forma ininterrupta. E claro, não podemos esquecer do gameplay preciso do jogo. Sem ele, nenhum desses elementos seria o suficiente para manter os jogadores tão vidrados. Fall Guys foi feito para te prender dentro do jogo e, principalmente, para chamar a sua atenção na internet. Essa é a fórmula que fez com que o jogo fosse o mais vendido na história da Devolver, batendo 2 milhões em vendas na Steam.

 

Fall Guys é extremamente divertido

Visual, ambientação e gráficos - 9
Jogabilidade - 9.5
Diversão - 10
Áudio e trilha-sonora - 9

9.4

Excelente

Fall Guys traz diversão e tem todos os melhores elementos de diversos gêneros de sucesso.

User Rating: Be the first one !

Bernardo Cortez

Formado em Relações Internacionais, Bernardo aproveitou o dom de escrever para algo útil. Músico, viajante, cronista e amante de qualquer coisa que seja relacionada a jogos, seu sonho é ser jornalista na área. Tem um carinho especial por jogos que tragam o melhor de todas as formas de arte que os englobam.
Botão Voltar ao topo
Fechar