Análise: Manifold Garden – uma experiencia caleidoscópica!

Se sofre de vertigens, acho que não é um jogo para ti!

Manifold Garden foi um belo de um achado para relaxar (ou não) no PS4. Foi uma experiência completa.  O ambiente, as músicas, os efeitos, tudo me levava à experiência que o jogo gostaria de me mostrar. Para mais informações visite o site oficial.

Journey (2012 – PS3) foi o game que me introduziu aos jogos de puzzle contemplativos, e eu não me arrependo nada de ter me viciado nesses games. De lá para cá, foi Monument Valley, Abzu, Gris, Bound entre outros.

Ambientação

Manifold Garden é um puzzle, não que não precise de uma ambientação, mas no caso deste game, a ambientação é muito etérea, ainda mais por se tratar de um caleidoscópio. Como assim caleidoscópio? Sim, o jogo acontece em dezenas de dimensões ao mesmo tempo, e todas elas são de certa forma alcançáveis.

É como se movimentar em plataformas dentro de uma caixa, e caso você caia de uma dessas plataformas, após percorrer um caminho você retorna a mesma plataforma de qual caiu. Esse efeito pode ser repetido de forma infinita.

Mêcanicas

Aqui temos o grande BOOM do game. Manifold Garden te dá 6 dimensões para explorar. Novamente, como citado acima, imagine que você está em uma caixa. Ao olhar para uma parede ou plataforma próxima e pressionar o botão de ação, sua perspetiva será rotacionada e, aquilo que uma vez foi uma parede, se torna o chão.

A partir daí o mundo se torna uma grande caixa para brincadeiras. Cada parede representa uma cor. O jogo te deixa ambientar com isso antes de incluir os puzzles.

Em Manifold Garden, os puzzles começam simples, basta estar na cor certa e movimentar uma pedra ou apertar um botão para abrir um portal e prosseguir. Logo você se verá em salas complexas com botões por todas as partes e quebrando a cabeça para poder seguir seu caminho.

Conclusão

Manifold Garden é mais um jogo para ser contemplado, degustado com paciência e muito bem aproveitado. Valeu cada minuto que gastei jogando. Alguns podem dizer que o game é simples demais, mas as camadas que são adicionadas a cada puzzle o tornam um verdadeiro desafio.

Uma coisa importantíssima sobre o game é que ele te dá diversas opções de como finalizar os puzzles, então hora ou outra você encontra uma solução. É bem difícil um jogo de puzzle que te dê a liberdade de fazer isso, e foi um dos pontos máximos para mim.

Cambio, Desligo!

 

Contemple o vazio

Visual, ambientação e gráficos - 9
Jogabilidade - 7
Diversão - 9
Áudio e trilha-sonora - 8
Liberdade em soluções de puzzle - 10

8.6

Me senti jogando Monuiment Valley em primeira pessoa, e que sensacional!

User Rating: Be the first one !

Paulo Everton

Gamer, Gaymer e muito orgulhoso! Descobri os videojogos com 7 anos de idade, de lá para cá foi uma ladeira sem fim, horas gastas em frente a televisão e muita, mas muita mesmo, história para contar, vivi tantas vidas quanto consigo me lembrar, e quer saber? É muito bom não ser a si mesmo!
Botão Voltar ao topo