Análise: Tell Me Why vai misturar seus sentimentos

Um evento dramático assola a família Ronan, desvende os mistérios.

O estúdio francês DontNod traz mais uma vez traz uma experiência magnífica no formato de jogos de escolha divida em capítulos e com certeza vai agradar em cheio os fãs do estilo, já que Tell Me Why vai mexer com a sua forma de pensar, trabalhar sutilmente seus preconceitos e te trazer uma gama de reviravoltas interessantes.

A DontNod já é bem conhecida pelos seus jogos pela franquia Life is Strange sempre trazendo bons temas e aproveitando para abordar alguns assuntos delicados e de certa forma ajudar na conscientização das pessoas.

Talvez puxado por essa onda de conscientização eles resolveram apostar em Tell Me Why, onde pela primeira vez o personagem principal da trama é transgênero. Tyler e sua irmã gêmea Alysson precisarão se desdobrar para desvendar o mistério acerca da morte de sua mãe que traumatizou a infância dos dois.

Visita ao túmulo da Mary-Ann.

Apesar de abordar sobre a temática LGBTQIA+ o jogo não quis abordar com afinco a questão do preconceito, porém em alguns certos momentos isso é mostrado, já que geralmente as cidades do interior a população no geral tem um ar mais conservador.

O jogo está disponível para PC e Xbox One através do GamePass.

Ambientação e a história de Tell Me Why

Por se tratar de um jogo de escolhas que se assemelha a uma série de TV, não se é possível entrar em muitos detalhes da história para não correr o risco de dar spoilers. Longe de mim querer estragar sua experiência.

Tyler e Alison são irmãos gêmeos que durante a infância eram inseparáveis. Eles vivem na pequena cidade de Delos Crossing no Alaska. Após a morte da mãe eles acabam se separando e se encontram 10 anos depois e começam a perceber que as memórias do passado podem não ser bem aquilo que eles viam quando eram crianças.

A narrativa é bem interessante já que por serem irmãos gêmeos em vários momentos, como uma espécie de poder sobrenatural, vocês compartilham a mesma memória e conseguem se comunicar telepaticamente.

E é nessas visões compartilhadas que por muitas vezes se passam conflitos interessantes e mostra como duas pessoas podem enxergar a mesma coisa de maneira diferente.

Diante disso prepare-se para escolhas difíceis que os jogos do gênero geralmente trazem.

A jogabilidade de Tell Me Why

Tell me Why é um aventura narrativa. Tem como foco principal o vínculo que os irmãos tem onde é possível compartilhar as suas memórias.

O jogo é bem intuitivo, ao entrar no Menu consegue se visualizar a sua missão de forma objetiva, porém nem sempre será simples cumprir esse objetivo, fazendo com que o jogador seja obrigado a interagir com os personagens para descobrir o que ou como tem de ser feito tal tarefa.

E o mais importante é justamente as escolhas feitas pelo jogador que com certeza vão estreitar ou separar o laço que mantem os irmãos próximos.

Como já é de costume da DontNod o jogo se encontra totalmente em PT-BR o que faz com que a sua experiência seja 100% agradável e sem perder nenhum detalhe.

Os gráficos são muito bons

Na parte gráfica o estúdio frances acertou novamente, com belas paisagens desenhadas e muitos detalhes que por muitas vezes passam despercebidos pelos jogadores.

Importante frisar que em jogos de escolhas é necessário se explorar tudo com a maior calma possível pois qualquer detalhe pode te ajudar em uma tomada de decisão no futuro e destaco que realmente houve bastante cuidado com isso, já que eu sou um fã de jogos de escolha.

Apesar de não ser nada de cair o queixo a parte gráfica te leva bem a viver aquela cidade gelada no interior do Alaska e traz o jogador a sensação de realmente estar “em casa” e se sentir realmente no interior onde todos se conhecem e consequentemente todos sabem da trágica história que assola a família Ronan.

Leia também:

Na parte sonora um show a parte

Por várias vezes lidamos com belas e boas trilhas sonoras o que é importante para mexer com a emoção do jogador e fazer com que algumas escolhas se tornem mais difíceis ou com menos razão e mais emoção.

O jogo traz belas músicas, como sempre a DontNod não deixa a desejar, e os demais efeitos sonoros são muito bem feitos e perfeitamente fieis aos momentos ao qual fazemos parte mesmo sendo um jogo que não necessite explorar tanto assim essa parte.

Conclusão

É mais uma obra de arte para os fãs de aventuras narrativas. A DontNod tem se destacado e muito em jogos do tipo e esse com certeza é mais um jogo de excelente qualidade.

Com certeza é uma compra mais que obrigatória, e arrisco dizer que até aos que não curtem podem tentar se aventurar já que se assemelha e muito a um seriado de TV.

Enquanto jogava não percebi nenhum bug e nada significativo que atrapalhasse a história. Portanto mais uma vez um jogo com o roteiro excelente e muito bem revisado.

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Tell Me Why

Visual, ambientação e gráficos - 8.5
Jogabilidade - 9
Diversão - 10
Áudio e trilha-sonora - 9

9.1

Excelente

Mais um excelente jogo da DontNod que vai mexer com seus sentimentos ao tentar desvendar o que aconteceu há 10 anos atrás com a família Ronan, na pequena cidade do interior do Alaska. É compra obrigatória para os fãs dos jogos de aventura narrativa.

User Rating: 4.25 ( 1 votes)

Felipe Cabral

Querendo ser o melhor em tudo não consigo ser bom em nada. Totalmente viciado em games desde a infância e fã de grandes títulos como Chrono Trigger, The Witcher 3 e Last of Us. Adora um desafio e sustenta com orgulho suas platinas em jogos como Bloodborne e Dark Souls.
Botão Voltar ao topo