Análise: Let’s Sing Queen diverte, mas com um preço alto

Karaoke só de músicas do Queen = Perfeição

Let’s Sing Queen é um spin-off da franquia homônima, composto apenas por canções da lendária banda de rock. Lançado em 2 de outubro, o jogo conta com 30 das melhores faixas do grupo, todas contendo seus clipes icônicos. Pegue seu microfone, afine sua voz para tentar chegar aos pés do Freddie Mercury e se junte à festa!

O que é Let’s Sing Queen

Como explicado na nossa análise do jogo anterior da série, a franquia possui a proposta de transformar a sala de estar dos jogadores em um karaokê. Com suporte para até 8 pessoas, é possível escolher se deseja utilizar um microfone USB ou um celular para jogar. A mecânica principal é simples: Cantar nas entonações da música original, a fim de alcançar pontuações mais altas. O jogo conta com uma interface limpa, com menus de fácil navegação e uma variedade de modos que mexem com a jogabilidade.

Como o jogo possui a mesma jogabilidade do anterior, não pretendo entrar em muitos detalhes a fim de explicar cada um dos modos, visto que são idênticos ao Let’s Sing 2020. Dentre os modos disponíveis temos o modo clássico, que exige que os jogadores busquem a nota máxima individualmente; um modo cooperativo extremamente divertido no qual os jogadores cantam em duetos; e um de festa, que conta com desafios malucos e bastante dinâmicos para competição.

Ainda, existe uma opção de assistir aos clipes das músicas, assim como um modo que mistura trechos de diversas músicas para o jogador cantar. Este último acaba sendo pouco divertido, visto que há uma pausa nas trocas de músicas e quando a nova canção inicia, não há uma preparação para o jogador acertar as notas iniciais, causando uma certa frustração. Mas vale ressaltar que essa diversidade de modos torna a vida útil do game ainda maior, e estimula os jogadores a divertirem com mais pessoas, ao invés de jogar sozinhos.

I Want It All

Contando com um repertório de 30 canções, o game consegue trazer diversas faixas bastante conhecidas da banda, e com certeza terá ao menos uma música que todos conhecem. Os estilos de canção também são bastante variados, agregando uma seleção eclética dos diversos álbuns lançados pela banda. Você pode conferir a lista completa aqui, porém ressalto que senti falta de duas canções em particular: Flash Gordon e Love Of My Life. No entanto, consegui me divertir bastante com cada uma das músicas do game.

Um grande empecilho para os jogadores que possuem a iteração principal da série lançada neste ano pode ser o valor do game. Atualmente custando R$215 no Playstation 4, R$165 no Xbox One e US$40 no Nintendo Switch, é um jogo bastante limitado por um valor alto. Mesmo que seja divertido em festas e reuniões de amigos, é provável que nem todos conheçam as músicas a ponto de acertarem as notas e letras das canções, e a experiência se torne enjoativa. Também, visto que toda a interface e jogabilidade seja idêntica ao game anterior, acredito que poderia ter sido mais interessante lançar muitas dessas músicas como expansões do jogo principal. Mas também, vale considerar que o licenciamento das canções encarece o game, tornando isso um risco já previsto pelos desenvolvedores.

The Show Must Go On

Let’s Sing Queen é basicamente uma extensão da franquia principal, com foco exclusivamente na banda de Freddie Mercury. Não existem adições nas mecânicas e nem nos modos de jogo, porém consegue cumprir com a sua proposta simplista de colocar os jogadores para se divertirem em um karaokê.

Let's Sing Queen

Obviamente, é uma experiência destinada a um público bastante específico, e com certeza divertirá àqueles que curtam cantar e sejam fãs da banda. A principal ressalva do jogo encontra-se em seu valor alto, que limita ainda mais a quantidade de jogadores que possam se interessar pelo game. Mas quem estiver disposto a desembolsar este valor, com certeza se divertirá bastante, e poderá animar suas festas com um pouco de cantoria!

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Let's Sing Queen

Visual, ambientação e gráficos - 7
Jogabilidade - 7
Diversão - 7.5
Áudio e trilha-sonora - 8
Custo Benefício - 5

6.9

Razoável

Let's Sing Queen coloca os jogadores para se divertirem ao som da lendária banda de rock. No entanto, o jogo possui um valor alto e sua proposta limita muito a quantidade de jogadores que estejam dispostos a comprá-lo.

User Rating: Be the first one !

Nicolas Togashi

Graduado em desenvolvimento de jogos e aficionado por essa mídia, perde mais tempo jogando do que efetivamente utilizando a graduação para alguma coisa. Ama RPGs, e se esforça para ser um bom aliado nos jogos online.
Botão Voltar ao topo
Fechar