Análise: Nioh 2 “Trevas na Capital”

A nova DLC de Nioh 2 "Trevas na Capital" traz bastante conteúdo e faz uma conexão entre o jogo base e as DLC's.

Demorou, mas saiu! Confira a análise da nova DLC do Nioh 2 “Trevas na Capital” que mais uma vez traz novos desáfios (e que desafios) e testa um pouco a paciência dos jogadores com a dificuldade extremamente alta.

Vale ressaltar que a cópia foi cedida pela produtora para que pudessemos fazer essa análise. Obrigado Team Ninja! E agradecer também o nosso colaborador Sylvio Oliveira que me ajudou nessa empreitada.

Como funciona o Trevas na Capital?

A nova DLC segue a mesma premissa da sua antecessora, acrescenta uma nova arma, algumas novas missões em um ambiente novo, novos inimigos, novos espíritos guardiões e uma nova dificuldade, o Sonho do Sábio.

A nova arma é chamada de Punho, ela por si só já traz interesse para jogar a DLC já que é necessário reconstruir toda a sua build e achar uma nova forma de jogar.

Os punhos são bem divertidos com uma variação bem legal de golpes e vai encantar quem curte o estilo “mais porradeiro” já que é uma arma de curto alcance, mas com ataques muito rápidos diretamente corpo a corpo.

A história é mais uma vez uma viagem no tempo

Mais uma vez o nosso guerreiro volta no tempo numa época chamada de Heian, passando mais exatamente entre 794 a 1185, um período da história japonesa onde o budismo e o taoísmo, que são influentes da China, adentraram de vez no Japão.

Durante o jogo é fácil reparar essas referências budistas e taoistas pelos cenários, dando um ponto muito interessante para o jogo que se preocupou em ambientar da melhor forma possível a época na qual a narrativa se passa.

Nesta segunda DLC o elemento chave é a famosa espada matadora de Yokais chamada de Sohayamaru. A história do jogo base começa a ter um pouco mais de sentido bem como tem uma conexão com a primeira DLC onde eu comentei que a história ainda tinha ficado meio desconexa.

Você pode conferir a Análise do Discípulo de Tengu clicando aqui.

Durante o jogo você entende também o porque de ter viajado no tempo ainda mais no passado do que a primeira DLC e já se pode esperar que a terceira DLC te levará ainda mais no passado.

Destaco que durante as missões a construção dos personagens foram mais bem elaboradas do que no Discípulo de Tengu o que trouxe uma sensação mais agradável ao jogar já que você se sente bem mais ambientado e por dentro do jogo.

Trevas na Capital conta com 10 missões novas entre as principais e as secundárias e uma luta surpresa contra Hayabusa (prepare o seu coração).

Conclusão

A Team Ninja está sabendo conduzir muito bem essa trilogia de DLC´s e com certeza a segunda se tornou mais excitante do que a primeira. Não estou dizendo que o Discípulo de Tengu é ruim, mas achei vaga e um pouco confusa, mas preferi esperar para que a próxima DLC justificasse essa interrogação que conseguiu cumprir essa missão.

Com uma boa gama de novo conteúdo, a nova arma é extremamente divertida e com certeza vale seu investimento. Tenho certeza que todo fã de Nioh fará essa compra para aumentar ainda mais sua coleção de trófeus, equipamentos e principalmente a diversão.

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Nioh 2: DLC "Trevas da Capital"

Visual, ambientação e gráficos - 8.5
Jogabilidade - 8
Diversão - 8
Áudio e trilha-sonora - 8

8.1

Ótimo

Mais uma DLC revelada e mais uma certeza de novos desafios. Assim se resume "Trevas na Capital". Com novas armas, novos Yokais e um novo modo dificuldade essa DLC traz bastante conteúdo e com certeza irá agradar aos fãs da franquia.

User Rating: Be the first one !

Felipe Cabral

Querendo ser o melhor em tudo não consigo ser bom em nada. Totalmente viciado em games desde a infância e fã de grandes títulos como Chrono Trigger, The Witcher 3 e Last of Us. Adora um desafio e sustenta com orgulho suas platinas em jogos como Bloodborne e Dark Souls.
Botão Voltar ao topo