Deathloop ganha novo trailer “déjà-vu”

Novo vídeo revelado no State of Play; Arkane compartilha suas inspirações cinematográficas

Novidade do State of Play: um trailer de Deathloop com muito estilo e informações sobre o mundo, trilha sonora e design de som do jogo.

Todos conhecem a sensação de déjà-vu, a impressão de já ter vivido uma experiência. Para Colt, isso é quase constante. Preso em um loop temporal, ele vive em déjà-vu desde que se lembra, o que na verdade não é muito tempo, já que tem amnésia e sua memória é só do passado recente. Honestamente, isso pode explicar todo o déjà vu. Todo reinício é uma batalha para se recordar do que aconteceu e usar esse conhecimento para continuar e, com sorte, sair da ilha de Blackreef. No novo trailer de Deathloop, Colt busca um novo alvo: o Visionário “Ramblin’” Frank Spicer.

Deathloop chega aos consoles exclusivamente para o PlayStation 5.

A Música de Blackreef

Os habitantes de Blackreef vivem em uma festa sem fim. Cada dia que se repete é uma celebração ao caos, à grandiosidade e ao deboche. Este espírito está incutido em todos os elementos do jogo: das cenas com bebidas alcoólicas nas ruas, às pichações de cores brilhantes – por vezes ameaçadoras – que cobrem a ilha, e inclusive na música que você vai ouvir em cada um dos quatro distritos que dividem Blackreef.

“Junto às diversas influências visuais de cada distrito, queríamos garantir que os jogadores ouviriam estilos musicais diferentes dependendo da região da ilha”, nas palavras de Michel Trémouiller, o diretor de áudio. “A trilha sonora de cada distrito muda conforme a arquitetura e estilo do lugar e de acordo com os Visionários que moram neles. Na área de Updaam, de Aleksis, a trilha sonora segue um tom de rock psicodélico e de ficção científica retrô. Já em uma área como a Fristad Rock, de Frank Spicer, a trilha é composta de violões melancólicos, seguindo o ritmo das ondas”.

Em Deathloop, Trémouiller teve a tarefa de criar um estilo musical tão único quanto a própria Blackreef. Mas antes de começar a definir como seria cada distrito, ele precisava determinar o tom geral do jogo.

“Primeiro, definimos os elementos mais importantes, aqueles que estariam claros para o jogador e bem destacados no jogo”, disse Trémouiller. “Normalmente seguimos algumas palavras-chave que descrevem o jogo, o que é um ótimo ponto de partida para a equipe de áudio trabalhar. Com Deathloop, assim como nos títulos anteriores da Arkane, recebemos inúmeras palavras-chave e conceitos que determinavam como seria este universo. Deathloop tinha palavras como mágico, militar, científico, misterioso, saxão, festa… e a lista continua. Mas obviamente todos esses conceitos não podiam ser inseridos em um único estilo musical. Criamos universos complexos e originais, é impossível copiar um estilo de música preexistente”.

“Temos rock psicodélico mesclado com ficção científica retrô, jazz e vários sons exóticos e tradicionais”. Foi assim que Trémouiller pôde sintetizar a trilha de Deathloop. “Algumas vezes é frenética, em outras é alongada e misteriosa… como a ilha de Blackreef”.

Lista de referências de Sébastien Mitton para Deathloop

Quer mais do que só uma espiada na produção de Deathloop? O diretor de arte, Sébastien Mitton, reuniu uma lista de filmes e temas que inspiraram bastante a visão da equipe sobre a ilha de Blackreef. Prepare-se para o lançamento de Deathloop com esta lista de referências.

  • 007- Operação Skyfall (2012 | dir. Sam Mendes): arquitetura clássica e as Terras Altas escocesas.
  • À Queima-Roupa (1967 | dir. John Boorman): um palco mundial de vingança, vazio e árido
  • O Homem de Palha (1973 | dir. Robin Hardy): um misterioso assassinato em uma ilha escocesa
  • À Sombra do Vulcão (1984 | dir. John Huston): uma alma torturada durante o Dia dos Mortos no México
  • Fuga de Nova York (1981 | dir. John Carpenter): um anti-herói lutando para fugir
  • Warriors – Os Selvagens da Noite (1979 | dir. Walter Hill): caça e caçador
  • O Enigma de Outro Mundo (1982 | dir. John Carpenter): isolamento, condições climáticas rigorosas, sobrevivência

Compre Deathloop na pré-venda para o PlayStation 5

A pré-venda de Deathloop já está disponível para o PlayStation 5. Ao comprar a pré-venda da edição Standard Digital Deluxe do jogo, você recebe os seguintes bônus no jogo:

  • Arma única: Machete Protetor Real (exclusiva para o PS5)
  • Visual de personagem: Colt “Storm Rider”
  • 1 berloque (benefício equipável)

Augusto Cesar

Começou a vida gamer como treinador do charmander e campeão de mario kart 64 do bairro. Hoje continua sendo um mestre pokemon, fã de RPGs, otaku e metido a historiador. Segue esperando sua carta de Hogwarts.
Botão Voltar ao topo