Análise: Terminator Resistance Enhanced é muito fiel à franquia

Um FPS cadenciado com elementos de RPG

Sempre que penso sobre a franquia do Exterminador do Futuro eu fico triste e as razões são simples. Primeiro porque ela teve um potencial incrível com o original e a sequência, dois grandes filmes. Em segundo lugar porque a partir do terceiro filme tudo foi ladeira abaixo. Por fim, o que mais me incomoda é que nem na época em que era boa, nós gamers tivemos algum ótimo jogo baseado no mais famoso Exterminador de Hollywood. Contudo, ainda assim a série deixou algumas brechas para criarem boas tramas. Veja nessa análise porque Terminator Resistance Enhanced é um bom jogo sobre a série, mesmo que erre em alguns aspectos.

Esta análise de Terminator Resistance Enhanced foi feita com código fornecido pela distribuidora e segue nossas diretrizes éticas.

Sem Sarah Connor dessa vez

Terminator: Resistance toma uma decisão forte, mas acertada. O jogo não tenta se colocar no passado, seguindo o padrão de trama dos primeiros filmes. Pelo contrário, Resistance acontece no tempo presente pós-apocalipse do filme, ou seja no nosso futuro. Para os fãs da saga isso é incrível, pois muitos quiseram ver como se dava a guerra entre humanos e máquinas na estética dos antigos filmes.

Portanto, você pode esperar um mundo destroçado, cheio de corpos e caveiras de humanos que foram dizimados pelo hecatombe nuclear. Em meio a máquinas, ruínas e morte, o jogo te coloca na pele de Jacob Rivers, um soldado e único sobrevivente de seu regimento após serem aniquilados por um exército de T-800. Contudo, apesar de seu regimento ter sido aniquilado, você encontra outros sobreviventes pelo caminho.

Resistance tem uma pitada de RPG

E aqui o jogo acerta mais uma vez. Enquanto tenta retornar às forças armadas para entregar uma mensagem de suma importância, você precisa cuidar do grupo de sobreviventes que encontra pelo caminho. Tal escolha é ótima, pois tira o foco da exclusiva troca de tiros típico dos FPS. Ou seja, esteja preparado para missões de achar recursos e fazer reconhecimento de terreno.

Para isso, o mapa do jogo é grande e cheio de detalhes e segredos. Explorar o mundo é divertido e eventualmente você vai parar para analisar os arredores com cuidado. É possível explodir paredes danificadas, se rastejar e escalar algumas partes.

Dessa forma, podemos seguir com a missão principal e as secundárias. Essas envolvem desde buscar recursos, como já mencionado, a atacar postos avançados da Skynet e melhorar o controle humano da região por onde você passa. Essas missões opcionais liberam novos diálogos e cortes que desenvolvem melhor a história, além de te presentar com itens e mais refinamento para seu personagem.

Entretanto, apesar dos diálogos serem muito interessantes (principalmente se você for fã da série), é válido destacar que a sincronização e a atuação dos atores não é das melhores. Se você não se importa ou não esperava algo acima da média nesse sentido, pode seguir em frente que as conversas são ótimas.

Os Exterminadores

O ponto alto do jogo, na minha opinião são os próprios Exterminadores. No início você apenas enfrenta inimigos simples, algumas pequenas criaturas robóticas. Com o tempo, o jogo escala e mais cedo ou mais tarde você encontra seu primeiro T-800. Por uma boa parte do jogo, o ideal é você fugir deles. Só mais tarde que se torna possível peitar um dos robozões.

A partir da primeira luta, durante um tempo eles oferecem um bom desafio. Porém, não demora muito. Como se trata de um jogo com elementos de RPG, se você melhorar bem os equipamentos, eles também se tornam fáceis com o passar do tempo.

Essa relativa facilidade do combate pode frustrat alguns. Se você tem muita experiência com FPS, sugiro jogar de cara em um nível mais avançado. Principalmente pelo fato de que aumentar a dificuldade também aumenta a IA. Com isso, não espere que os inimigos sejam só esponjas de balas, mas se prepare para um desafio maior de verdade. Tal desafio fica ainda mais interessante ao enfrentar os Exterminadores.

Leia Mais

A melhor adição nesta versão de PS5 é a possibilidade de jogar o Infiltrator Mode. Esse modo de jogo te possibilidade assumir um T-800. Este modo de jogo dura cerca de uma hora e você deve assassinar alvos do alto escalão da resistência humana. Eles estão espalhados em locais chaves em um mapa desenvolvido exclusivamente para esse modo.

Aspectos audiovisuais da versão Enhanced

No PS4 Terminator Resistance não se mostrou um game a altura do console. Apesar de toda a estética fiel e bem trabalhada estar ali, o game parecia um título de PS3 levemente melhorado. Não acho que isso seja um problema, pelo contrário. O jogo é um título AA de médio orçamento, então a decisão da equipe foi correta. Por outro lado, isso permitiu que essa versão melhorada para PS5 pudesse manter quase sempre os 60 quadros por segundo em 4k.

Além disso, detalhes da iluminação, principalmente em superfícies que refletem a luz, como água, receberam um carinho especial tornando-se mais realistas.

Quanto ao som, é mais uma vitória para o game. Evidentemente que isso seria algo positivo já que música e som dos filmes sempre foram excelentes. Da mesma forma é com Resistance, onde encontramos todas as referências clássicas. A música tema está lá, assim como os efeitos sonoros robóticos que estamos acostumados.

Veredito da Análise de Terminator Resistance Enhanced

O game teve um orçamento apertado o que reflete na falta de capricho de alguns modelos, texturas e partes do mapa. Além disso o game não traz nenhuma novidade em termos de jogabilidade. Por outro lado, o jogo tem uma história sólida e um bom roteiro, além de ser mais do que fiel ao material base. É um jogo bom, mas de nicho e por isso seus erros podem ser mais evidentes caso o jogador não seja um fã da série. Por outro lado arrisco dizer que Terminator Resistance Enhanced é uma das melhores obras recentes ambientadas no universo do Exterminador do Futuro.

Terminator Resistance Enhanced

Visual, ambientação e gráficos - 7
Jogabilidade - 8
Diversão - 8.5
Áudio e trilha-sonora - 7
Trama e roteiro - 9

7.9

Bom!

O jogo tem uma história sólida e um bom roteiro, além de ser mais do que fiel ao material base. É um jogo bom, mas de nicho. Terminator Resistance Enhanced é uma das melhores obras ambientadas no universo do Exterminador do Futuro.

User Rating: Be the first one !

Ricardo Carvalho

Gosto muito de escrever, desenhar, de me frustrar com política, de filosofar no barzinho, assistir filmes e defender que games são arte! Me segue no twitter que eu sigo de volta, beleza? twitter.com/perfilricardoc Beijos e boas jogatinas!
Botão Voltar ao topo