Análise: Cotton Reboot é um shoot’em up frenético demais

Impossível não morrer nesse jogo...

Cotton Reboot é o retorno de uma franquia shoot’em up dos anos 90 que foi criada pela Success. De 1991 até 2000 foram lançados seis jogos, porém, uma pausa de 21 anos ocorreu até finalmente um game novo da franquia ser lançado. A análise é sobre Cotton Reboot, que é um remake de Cotton: Fantastic Night Dreams que foi lançado originalmente para arcade, Playstation, Neo Geo e outras plataformas da época. Como será que ficou esse novo recomeço da franquia?

Essa análise foi feita graças a um código de Playstation 4 cedido pela produtora.

Cotton Reboot é tiro, porrada e bomba

Por mais que Cotton Reboot tenha uma narrativa entre suas fases, esse não é o foco principal. É uma história bem simples onde uma fada pede ajuda de uma garota feiticeira para de derrotar demônios e a mesma aceita embarcar nessa aventura.

O jogo tem um desenrolar igual de um arcade, utilizando até mesmo a linguagem do mesmo como “inserir ficha”. Por não se tratar de um, podemos ter tantos “continues” quisermos (há um limitador que logo será mencionado).

Basicamente só é necessário ficar segurando o quadrado para atirar sem parar e desviar dos ataques dos inimigos são vários. As vezes esse objetivo beira o impossível, de tantas coisas que ficam acontecendo na tela ao mesmo tempo. Além do uso do quadrado, podemos apertar triângulo para ativar um poder especial que aumenta o seu dano por tempo limitado e utilizar o X para soltar magias especiais que atuam de maneiras diferentes.

Seis níveis de muita diversão

A campanha do jogo é relativamente curta, já que possui apenas seis níveis onde cada nível tem dois chefes. O primeiro normalmente é mais fraco, contudo, o segundo sempre se mostra uma pedra no sapato por conta de seus golpes atingirem áreas extensas e ser difícil de desviar.

Toda vez que mata um inimigo ou recolhe cristais que são dropados no decorrer da fase, você vai subindo de level e ampliando o dano das suas magias. Contudo, ao morrer e retornar, perderá uma quantidade relevante de experiência, fazendo com que seu nível caia. Se acaso o seu nível zerar… Tenho más notícias.

Cotton Reboot tem mais modos

Apesar de sua campanha ser consideravelmente curta e apresentar bastante fator replay por liberar novos personagens, o jogo também conta com outros modos. Um deles, por exemplo, permite que você jogue a versão lançada em 1991.

É engraçado que olhando os gráficos de Cotton Reboot, pensamos logo que está algo bem ultrapassado. Contudo, ao jogar a versão original podemos notar uma melhoria absurda se compararmos as duas versões.

Além do modo citado, também temos um modo cronometrado onde você tem que fazer a pontuação máxima que puder em 2 ou 5 minutos. Nesse caso, é bacana para fazer competições com os seus amigos.

Conclusão de Cotton Reboot

Vamos concluir essa análise, informando que Cotton Reboot não é um jogo grandioso e nem mesmo o melhor do seu estilo nos tempos modernos, contudo, ele vale apena ser jogado. É divertido e vai render algumas horas de diversão. Porém, é curto e talvez os outros dois modos dele não sejam tão apetitosos para ficarem sendo re-jogados diversas vezes. Fãs de shoot’em up frenéticos vão ter uma experiência bastante satisfatória.

Cotton Reboot

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Cotton Reboot é um jogo divertido pra passar o tempo e só

Visual, ambientação e gráficos - 6
Jogabilidade - 8
Diversão - 7
Áudio e trilha-sonora - 6
Fator replay - 7

6.8

Mediano

Não espere nada profundo ou muito duradouro. Cotton Reboot é um jogo rápido com duração média de 2 até 3 horas dependendo do seu desempenho. Se a sua vida é infeliz, pelo menos você terá uma noite alegre.

User Rating: Be the first one !

Anderson Mussulino

Publicitário louco por toda a cultura geek. Redator do Última Ficha e apaixonado por jogos que vem da terra do sol nascente.
Botão Voltar ao topo