Análise: Omno traz uma jornada bela e relaxante

Prepare-se para se aventurar em mundos oníricos e repletos de mistério!

Originado de uma campanha no Kickstarter, Omno é um jogo de aventura atmosférico que insere os jogadores em uma jornada de auto análise através de mundos oníricos e misteriosos. O jogo foi desenvolvido apenas por Jonas Manke um animador freelancer que tem experiência no mercado de games por mais de uma década, e que decidiu criar um projeto pessoal do zero.

Jonas iniciou o desenvolvimento de Omno em torno de 2016, e dois anos depois optou por apresentar o game no Kickstarter a fim de lançar o projeto comercialmente. Atingindo três vezes o objetivo desejado, o game finalmente chegou às lojas digitais para agraciar os apoiadores e fãs do estilo.

A análise de Omno foi realizada no PC graças ao código cedido pela Future Friends Games, a qual agradecemos a parceria e confiança. O jogo está disponível para Nintendo Switch, Playstation 4, Xbox One e PC (via Steam).

O que é Omno?

Os jogadores são colocados na pele de um personagem que acorda em um mundo misterioso e deve descobrir os segredos deste planeta antigo e repleto de seres misteriosos. Com um cajado à mão, o personagem descobre o poder de interagir com diversos mecanismos do ambiente utilizando uma energia branca que flui pelos cenários. Também, os jogadores se deparam com um simpático mascote verde que decide acompanhar o protagonista pela sua jornada.

Análise Omno

A aventura é bastante misteriosa e, assim como o jogo inteiro, segue uma proposta bastante minimalista. O jogo é dividido por capítulos, cada um representando uma região diferente, e em cada capítulo existem diferentes localidades a serem exploradas. Durante a exploração de cada uma das localidades são apresentados objetivos secundários que permitem aos jogadores descobrir mais detalhes do mundo e aprender mais sobre a vida selvagem e os ambientes.

É fácil traçar uma semelhança entre Omno e jogos atmosféricos como Journey, tanto pela sua estética quanto pela experiência proporcionada em ambos os jogos. Omno contém diversos colecionáveis e, apesar de curto, o jogo deve gerar sentimentos de tranquilidade e uma leve aquecida no coração após ser completado. Outro ponto positivo é que a taxa de coletáveis não é dispersa de maneira exaustiva, levando os jogadores a completar o jogo naturalmente e sem a necessidade de retroceder para conquistar 100% dos cenários.

Uma jornada tranquila

A jogabilidade é bastante intuitiva, principalmente pelo jogo seguir o gênero de plataforma. Os jogadores inicialmente se movimentam através dos cenários a fim de alcançar seus objetivos e conforme progridem, novas habilidades são desbloqueadas. Cada um dos capítulos introduz uma habilidade nova, e as localidades colocam os poderes às prova apresentando obstáculos e colecionáveis que exigirão certa maestria dos controles.

Dentre as habilidades desbloqueáveis, os jogadores poderão usar avanços no ar, surfar, planar e até se teletransportar pelos cenários a fim de alcançar plataformas mais distantes. Vale ressaltar que o jogo não apresenta combates ou quaisquer perigos que possam quebrar este fluxo de tranquilidade e mistério, mantendo a aventura coerente com sua proposta.

Os coletáveis dos cenários se resumem a três variações, sendo elas: Livros apresentando mais detalhes da narrativa; Espécies de animais com as quais os jogadores podem interagir; E objetos circulares que servem para desbloquear os próximos níveis. Ao entrar em cada cenário, os jogadores podem abrir uma espécie de mapa que apresenta pontos de interesse próximos ao personagem. E conforme o jogador interage com cada um desses objetos, a porcentagem de progresso é elevada até alcançar 100%.

Aproveite a aventura

O grande ponto alto de Omno se encontra na interação com os cenários e os seres que ali habitam. O jogo conta com uma ambientação muito agradável e uma trilha sonora que mistura melancolia com a euforia de descobrir um mundo novo. Com faixas épicas e que casam perfeitamente com os diversos momentos do jogo, é difícil encontrar pontos negativos na apresentação do game.

Os jogadores podem interagir com cada uma das dezenas de espécies de criatura, e cada uma reagirá diferentemente às ações do jogador. Somando isso às construções enormes e abandonadas, e às mais diversas experiências que o jogo insere o protagonista, a experiência se torna um deleite audiovisual a qualquer um que decida se entregar ao game.

Análise Omno

Vale ressaltar que cada capítulo apresenta uma ambientação diferente, partindo de pântanos escuros a desertos vazios pelos quais os jogadores podem surfar, montanhas congeladas repletas de neve e até céus nos quais é possível voar e planar a fim de alcançar estruturas flutuantes. Omno apresenta mundos vazios de humanidade, porém cheios de vida selvagem e que instigam o sentimento de aventura nos jogadores.

Minha Análise de Omno

Em minha análise, Omno condensa uma experiência íntima e minimalista, colocando os jogadores para explorar os mais diversos ambientes por conta própria. Nele, não é necessário explicar o motivo da jornada e nem como os jogadores a devem seguir, mas sim introduzir um ambiente amigável e que instiga essa exploração. O jogo recompensa os jogadores a cada capítulo, apresentando novas mecânicas e tornando a jogabilidade ainda mais dinâmica.

Com ambientes belos e vivos, uma trilha sonora que acompanha cada momento da aventura e uma jogabilidade simples mas polida, o jogo deve agradar pessoas que busquem jogos mais leves e tranquilos. No entanto, por conta do jogo não possuir uma narrativa densa e nem contar com grandes momentos de ação e dificuldade, alguns jogadores devem sentir falta desta intensidade em Omno.

Análise Omno

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Omno

Visual, ambientação e gráficos - 8.5
Jogabilidade - 9
Diversão - 8
Áudio e trilha-sonora - 9

8.6

Ótimo

Omno apresenta uma experiência divertida e que não se torna cansativa em torno de quatro horas de jogo. Os jogadores devem se divertir com as mecânicas de movimentação, e se agraciar com os belos cenários e trilha sonora!

User Rating: Be the first one !

Nicolas Togashi

Graduado em desenvolvimento de jogos e aficionado por essa mídia, perde mais tempo jogando do que efetivamente utilizando a graduação para alguma coisa. Ama RPGs, e se esforça para ser um bom aliado nos jogos online.
Botão Voltar ao topo