Análise: Eldest Souls, Boss Rush Souls

Don't Give Up!

Eldest Souls é um game 2d no estilo boss rush, inspirado em Dark Souls, onde o jogador enfrenta diversos bosses cascudos e morre diversas vezes. Sendo uma ótima surpresa em 2021, para os amantes de boss rush.

Confiram abaixo em nossa análise, o que achamos de Eldest Souls.

História

Há muito tempo, a Lua se despedaçou. Dos céus, dois pedaços celestiais caíram sobre a Terra. De uma delas nasceram os humanos e de outra, os deuses. Por muitas eras tudo ficou em equilíbrio. Até que um vil e enfesto de Deus interveio e espalhou a ganância e a desconfiança entre os deuses. Criando uma subjugação dos humanos. Séculos de escravidão se passaram, até que finalmente os humanos se rebelaram e com a ajuda de um ser incógnito. A grande cruzada expurgou os Deuses antigos e aprisionou-os na Cidadela, uma fortaleza sagrada destinada a contê-los. As custas de muitas vidas, o fim finalmente chegou, e a paz reinou. Contudo, uma entidade maligna retornou e entrou na Cidadela e conduziu experimentos perversos com os deuses enjaulados corrompendo tudo ao seu redor.

Rios secaram, as plantas morreram e tudo que a humanidade conquistou começou a desabar, criando um cenário morto e sombrio. Por fim a Lua em sua última tentativa de retomar o equilíbrio, deixou cair sua última partícula celeste. Uma partícula pura e imaculada, formando assim o último raio de esperança da Terra.

Eldest Souls história

A história de Eldest Souls é boa, contudo ela não é contada diretamente para o jogador e sendo somente apresentada de forma similar a de Dark Souls. A partir de textos, itens e conversas com NPC’s encontrados conforme avançamos no game. Deixando o jogador tomar suas próprias decisões e conclusões ao longo do jogo.

Gameplay

Eldest Souls possui um gameplay muito simples. Passo 1: Bata no Boss até ele morrer, Passo 2: Repita o Passo 1.

O jogo possui algumas side quests opcionais onde o jogador pode decidir fazer ou não. Todavia em combate o personagem pode andar, esquivar e atacar. O game também possui uma mecânica chamada Bloodthirst. Onde um ataque carregado ativa um buff de velocidade de ataque e de dano, e a mecânica de cura, onde o jogador precisa ficar batendo no boss para se curar. Sendo uma ótima recompensa para os jogadores serem agressivos. Contudo, diferente de Dark Souls onde volta para a última Bonfire após o jogador morrer, em Eldest Souls, uma nova tentativa volta diretamente no boss.

Eldest Souls boss

Desviar é o ponto-chave do jogo, principalmente porque o personagem só possui três esquivas. Em síntese o controle de gasto de esquiva é essencial para passar nas lutas, pois em diversos momentos ela pode fazer falta.

Eldest Souls esquivas

Além disso, também é possível melhorar seus equipamentos, equipar itens que possuem habilidades passivas e ativas e investir em uma das 3 árvores de habilidades distintas que podem ser ativadas e desativadas ao seu gosto. Fornecendo uma tonelada de variedades de gameplay.

Eldest Souls arvores de habilidades

Por fim, após a primeira conclusão, o game libera o New Game+ onde ele fica mais difícil e os bosses ganham um moveset novo e o Modo Arena onde o jogador pode escolher desafiar o boss escolhido novamente. Contudo, a cada vitória os bosses ficam mais fortes e com mais vidas.

No entanto, mesmo possuindo um combate divertido e desafiador, o personagem fica preso a uma única arma durante o jogo todo, não possuindo armas e magias de longa distância. Sobretudo que alguns bosses, são difíceis o suficiente para fazer alguns jogadores darem Rage Quit nele por um tempo.

Gráficos e Músicas

O gráfico do game é ótimo, bem animado, principalmente os bosses onde cada um deles são únicos e espetacularmente bem detalhados. Os ambientes onde o jogador anda e as arenas também são bonitas e bem projetadas para se adequar à estética do boss da área.

O game não possui muitas músicas, entre as áreas elas são bem silenciosas, todavia consegue se destacar bastante no tom pela ambientação do local e na hora das batalhas.

Conclusão

Conclusão Eldest Souls

Em conclusão Eldest Souls vem para 2021 com o pé direito a toda, trazendo um ótimo game desafiador e empolgante. Para os jogadores fãs de Boss Rush e Souls Like é um game altamente recomendado para se jogar. Para os mais casuais e curiosos, mesmo ele sendo extremamente difícil de se jogar em algumas partes, garanto que vale a pena pelo menos ver o game antes de decidir comprar ele em sua plataforma preferida.

O game gira em torno de 3 a 4 horas de gameplay, caso o jogador saiba os caminhos e decida somente fazer os bosses, mas de primeira vez podendo alcançar até 9 horas.

Eldest Souls está disponível para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series, Nintendo Switch e PC, via Steam.

Essa análise segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação. Essa análise feita com uma cópia da versão de PlayStation 4 recebida pela produtora.

Eldest Souls

Visual, ambientação e gráficos - 8
Jogabilidade - 8
Diversão - 8
Áudio e trilha-sonora - 8

8

Ótimo

Eldest Souls mesmo cometendo algumas gafes em seu todo, é um jogo ótimo e difícil, sendo uma grande nova proposta para os jogadores que estão aguardando títulos futuros nesta pegada.

User Rating: Be the first one !

Botão Voltar ao topo