Saints Row (2022) – Primeiras Impressões

Saints Row – Primeiras Impressões – Tudo o que você precisa saber sobre o novo jogo da série

A gente teve a grande oportunidade de ver antecipadamente gameplay do novo Saints Row, mostrando os gráficos, a história e as novas mecânicas do jogo. A sessão durou mais ou menos uma hora e a gente também pôde fazer perguntas à galera da Volition, que está desenvolvendo o jogo, junto a outros veículos de imprensa internacionais.

Confira abaixo também o nosso vídeo com as primeiras impressões de Saints Row, fazendo uma análise antecipada do que vimos na apresentação:

História de Saints Row – Primeiras Impressões

O nome do novo jogo é só Saints Row, então diferente do que muita gente estava prevendo, não temos um Saints Row V e sim um reboot completo. O jogo se passa em Santo Ileso, uma cidade fictícia bastante interessante no coração do sudoeste americano. Nela, um grupo de jovens amigos, completamente quebrados financeiramente e endividados, resolvem abrir uma organização criminosa chamada Saints. A organização parece mais uma startup, e o objetivo dos jogadores é expandir essa empresa para todos os 9 distritos de Santo Ileso.

Obviamente, essa tarefa não vai ser fácil, e Neenah, Kevin, Eli e o jogador, que é o Chefe, vão ter que enfrentar gangues perigosas como Los Panteros, The Idols e a empresa de tecnologia de defesa Marshall. O jogo mantém a mesma pegada de humor dos últimos da série, só que de forma um pouco mais sóbria. Conforme os próprios desenvolvedores falaram na apresentação, eles não tinham muito pra onde ir depois de Saints Row IV, que quebrou todas as expectativas possíveis com um senso de humor altamente escrachado. Tudo que poderia ser feito para deixar o jogo mais louco já foi feito, como mandar o personagem para o inferno, ou para salvar a galáxia. Vale lembrar que o personagem principal pode ser completamente customizado pelo jogador, e não temos mais os protagonistas pré definidos dos últimos jogos.

Veja também:

Conhecendo Santo Ileso

Bem, pelo que eu pude ver durante a apresentação, o mapa de Santo Ileso é bem diversificado, com áreas industriais tomadas por gangues a distritos sofisticados e frequentados pelas elites da cidade. Basicamente, é possível fazer de tudo, e veículos de todos os tipos estarão presentes para facilitar a locomoção pela cidade. Esperem carros, motos, aviões, helicópteros, hoverboards, trajes de vôo ou qualquer outra coisa que permita ir de um lugar para o outro. O jogo vai ter uma campanha com side quests, como já é de praxe em jogos de mundo aberto, e missões de corridas e combate estarão espalhadas pela cidade. Se você gosta de gerar o caos durante o seu gameplay, como muita gente se amarra em GTA V, Saints Row vai ser uma boa pedida.

Gameplay de Saints Row e fator cooperativo – Primeiras Impressões

Um ponto interessante de mencionar é que o jogo pode ser completamente jogado com outro amigo online a qualquer momento. Isso não é exatamente uma novidade na série, mas é um ponto muito bem vindo. Afinal, tudo que o jogo oferece pode ser jogado com um amigo, incluindo a história. Não é preciso entrar em um lobby nem nada, basta enviar um convite e o seu amigo vai aparecer na hora dentro do seu mundo.

O gameplay em si de Saints Row pareceu bastante interessante, com ação a todo momento e uma gama de armas que vai possibilitar diversas aproximações nos inimigos. Infelizmente, algumas armas um tanto quanto “inusitadas” dos últimos jogos não vão estar presentes, mas a equipe prometeu outras que vão manter a tradição de loucura do jogo. A quantidade de armas parece ser muito grande, e todas elas são personalizáveis, permitindo que você as modifique conforme achar conveniente.

Durante a jornada da Saints no mundo do crime, vai ser necessário se apossar e criar estabelecimentos ilegais, que vão desde cassinos a delivery de drogas, passando por roubo de carros e tráfico de armas. Quanto mais lugares a gangue conquistar, mais dinheiro ela recebe, o que permite aumentar o poder de fogo e recrutar novos mafiosos para a Saints.

Considerações finais

Com relação aos gráficos, Saints Row está muito bonito e renovado com o lindo cenário desértico de Santo Ileso e muitas cores e luzes por todos os lados. O design geral do jogo se parece um tanto com Watch Dogs em vários momentos, com uma pegada mais jovem e moderna. As cutscenes que foram mostradas para a mídia na apresentação parecem pequenos trailers de filmes do Michael Bay, então espere tiro, porrada e bomba a todo momento.

Para resumir, a impressão geral que eu tive depois que a apresentação de Saints Row terminou é a de que o jogo está bem mais pé no chão que os anteriores. Deu para perceber que uma galera ficou preocupada com isso, já que a essência do jogo é a loucura, mas os desenvolvedores falaram que essa parte do humor e da doideira é a alma desse novo jogo. Eu fiquei bastante feliz também de ver a grande quantidade de armas presentes, além da diversidade dos distritos de Santo Ileso. Poder jogar o jogo completamente de forma cooperativa com um amigo é o ponto mais forte para mim, ainda mais podendo entrar ou sair da partida a qualquer momento.

Pra fechar a cereja do bolo, assim como eu fiz no multiplayer do GTA, mal vejo a hora de expandir o meu império criminoso e sair tomando vários comércios pela cidade. A única coisa que faltou e eu queria ter visto foi gameplay na nova geração de consoles, mas a Volition se recusou a comentar sobre isso nesse momento. Vamos ter que esperar para saber mais sobre como o jogo vai tirar proveito das novas máquinas.

Saints Row está previsto para ser lançado no dia 25 de Fevereiro de 2022 para PS5, PS4, Xbox One, Xbox Series e PC via Epic e o Última Ficha vai cobrir o jogo na sua íntegra, trazendo previews, análises e gameplay para vocês, então não se esqueçam de acompanhar a gente para saber mais.

Bernardo Cortez

Formado em Relações Internacionais, Bernardo aproveitou o dom de escrever para algo útil. Músico, viajante, cronista e amante de qualquer coisa que seja relacionada a jogos, seu sonho é ser jornalista na área. Tem um carinho especial por jogos que tragam o melhor de todas as formas de arte que os englobam.
Botão Voltar ao topo