Análise: Crysis Trilogy Remastered é tudo isso mesmo!

Fiquei feliz quando rodou no meu Xbox.

A princípio, fazer análises de jogos é um desafio bem interessante. Ainda mais se forem de jogos de franquias que não tenho costume de jogar ou de estilo de jogo que tenho pouca familiaridade. E analisar Crysis foi um desafio e tanto, porque eu nunca havia jogado. Sendo que para essa análise de Crysis Trilogy Remastered eu joguei Crysis 2 e o 3 Remastered no Xbox Series X.

E claro, não deixem de ver a nossa análise do primeiro Crysis Remastered, porque aqui só vou abordar Crysis 2 e 3 Remastered.

Esta análise só foi possível graças a uma cópia digital de Crysis Trilogy Remastered gentilmente cedida pela Crytek, para a versão de Xbox Series. Esta análise não entrará nos detalhes do modo história dos jogos.

E lá vamos nós

Antes de mais nada, as versões remasterizadas não contam com legendas em PT-BR e eu realmente senti a falta das legendas localizadas para nosso idioma. O que me deixou intrigado é que foram incluídas legendas com outros idiomas nos remasters, mas não incluíram o PT-BR!

A cor da legenda também incomoda ao ler, principalmente em cenários com muita iluminação. Eu acredito que se tivesse uma opção de troca de cor das legendas ou uma opção de colocar um fundo de cor preta nas legendas resolveria esse problema. Ao menos a legenda ficou em um tamanho maior, o que ficou mais fácil de ler em comparação a versão original.

Contudo, podem ficar tranquilos que essa é a única crítica que tenho no jogo. O que virá agora é simplesmente maravilhoso.

Gráficos

As imagens apresentadas abaixo são exclusivas da versão remasterizada. A versão remasterizada ficou tão boa que a sensação que tive é que a versão inicial foi totalmente descartada e criaram uma nova versão do zero. Isso mostrou o compromisso da Crytek com esta remasterização. Então, voltando para a análise, a primeira coisa que me chamou muita atenção é a iluminação do jogo, que está sensacional.

Eu realmente senti a luz do Sol entrando nas cenas do jogo e tive uma boa sensação ao olhar para o telhado e ver o céu ofuscando a visão, como se estivesse em um dia ensolarado e sem nuvens. Os objetos presentes no cenário, como prédios, veículos, armas, caixas de munições, entre outros objetos, estão extremamente detalhados. A interface do jogador (aonde está o mapa e o indicador de balas/energia) está bem suave na tela, mas perceptível ao ponto de não incomodar o gameplay.

A iluminação se destaca até mesmo quando ocorrem bugs. Mesmo com o soldado parado no ar, apoiado no braço no chão! Brincadeiras à parte, é possível reparar nos detalhes da armadura, do capacete, dos olhos do soldado e até mesmo em sua iluminação.

Se há algo que não se destaca tanto no meio dessa iluminação e riqueza dos cenários, é a sombra dos personagens.

Outros detalhes gráficos

A princípio, os efeitos ambientais também são um destaque: fumaça, fogo, chuva, vento, etc. Os efeitos de fogo e fumaça passam a devida sensação de sufocamento. E o efeito das fuligens da fumaça interagem com a iluminação, gerando sombras e até interferindo na visualização dos objetos e cenário.

Sobretudo, o maior destaque que vi foi o efeito da chuva. Visualmente você realmente sente que o personagem está sendo totalmente encharcado pela chuva. Fora o movimento do vento nos pingos da chuva, onde você vê os pingos indo de um lado para outro. E quando você sai da chuva, vê os pingos ficarem escorrendo no visor do jogador.

Jogabilidade

Como um jogador pouco experiente em jogos FPS, ter um controle do personagem, que seja fácil, intuitivo e que não seja arrastado é fundamental. E o remaster faz isso com excelência. Correr, pular, atirar, deslizar, entrar em cover, entre outras ações estão fáceis de serem executados. Mirar com o analógico direito não apresentou problema nenhum jogando. Ao contrário: senti que ficou muito mais fácil mirar no remaster se comparado com a versão de console original.

Para quem quer iniciar na série Crysis, os tutoriais dos jogos são bem intuitivos, sendo que no Crysis 2 eu mal senti que estava no tutorial. Também quero dar um parabéns especial ao tutorial do Crysis 3, que além de bem feito, permite ser pulado caso não queira fazê-lo.

Sons e efeitos sonoros

Falando da parte sonora do jogo, ouve-se todos os sons dos jogos de formas bem distintas. Em momento algum, exceto nos momentos que precisa dar ênfase, os efeitos sonoros são sobrepostos um com o outro.

Se na cena tiver dois soldados gritando, uma granada explodindo, tiros acontecendo e você receber comunicação via áudio, você conseguirá distinguir a todos sem problema algum. Foi possível sentir uma melhora de polimento do som de maneira geral se comparado a versão original do game.

Considerações finais desta análise de Crysis Trilogy Remastered

A princípio, Crysis Remastered é exatamente o que eu espero que um remaster tem que ser. O jogo está extremamente liso de jogar e está bem fluído com 60 fps cravados praticamente durante toda minha jogatina. Na versão antiga do jogo não era possível sentir essa fluidez que o remaster oferece. Houve vários momentos na versão original do game que sentia que o jogo travava. Esse sentimento vem da limitação dos 30 fps, assim como quedas de frames e a não existência de um SSD. Felizmente, temos o tiro porrada e bomba mais fluido possível!

A parte sonora do jogo está maravilhosa. Não é que estava ruim na versão original do jogo, porém eu senti que no remaster deu uma polida nos efeitos sonoros do jogo e os sons estão bem mais distinguíveis. Apesar da falta das legendas em PT-BR, as legendas estão maiores na tela e melhores de serem lidas. Na versão original, as legendas misturavam com o cenário, dificultando muito acompanhar a leitura. Fora que agora tem legenda nas cutscenes.

Outro detalhe que tenho que destacar é o preço praticado de R$ 185,00. Eu acho bem compatível o remaster com os valores cobrados, fora que tem a possibilidade de comprar cada jogo em separado. Eventualmente, fiquem de olho, pois nessa época de fim de ano sempre aparecem promoções e os preços ainda diminuem mais.

Crysis 1, 2 e 3 Remastered já estão disponíveis para as plataformas Playstation 4, Playstation 5, Xbox Series X|S , Xbox One e PC, via Steam e Epic Store.

Essa análise de Crysis Trilogy Remastered segue nossas diretrizes internas. Clique aqui e confira nosso processo de avaliação.

Crysis Trilogy Remastered é bom demais

Visual, ambientação e gráficos - 10
Jogabilidade - 9.5
Diversão - 9.5
Áudio e trilha-sonora - 9.5

9.6

Maravilhoso

Crysis Trilogy Remastered é um exemplo de como todo remaster deve ser feito. Gráficos lindos e sons suaves de se ouvir. E para completar, o preço aplicado para a venda da trilogia completa está bem compatível com o mercado brasileiro e tem constantes promoções para a saga toda. Para quem já jogou a série, é uma suave massagem na nostalgia, valendo a pega rejogar. E para quem nunca jogou, dê uma chance, pois você não irá se arrepender.

User Rating: 5 ( 1 votes)

Eder DZR13

Um rapaz descontraído, engraçado, esperto e dinâmico. Esse cara não sou eu, mas eu amo jogar e viver no mundo gamer. Ainda procurando os dias de glórias porque de tanta luta, eu acho que serei a próxima DLC de Street Fighter. Detentor da 5ª Esmeralda do Caos e 3 vezes campeão da liga de Brawlhalla do condomínio. E ontem eu acertei a tela branca do Akuma.
Botão Voltar ao topo