Análise: CoolerMaster Sickleflow 120 RGB

Ventoinha ou fan, como quiser chamar, traz desempenho e uma melhoria visual para seu PC

É provável que os fans (ou ventoinhas, mas nessa análise vou usar fan porque é mais curto) sejam os primeiros componentes de um setup a receberem RGB. Há muitos e muitos anos, ventoinhas com LEDs começaram a ajudar na personalização de entusiastas, bem antes do RGB ser algo como é hoje nos PCs. Nessa análise do CoolerMaster Sickleflow 120 RGB vamos te mostrar a diferença que ele pode fazer estética e visualmente no seu gabinete.

Esta análise só foi possível graças a duas unidades do Sickleflow 120 RGB enviadas pela CoolerMaster para análise. Eles estão lendo esta resenha junto com vocês.

DESIGN E CONSTRUÇÃO – Análise CoolerMaster Sickleflow 120 RGB

Como todo fan, o Sickeflow 120 RBG tem construção toda em plástico. As pás da ventoinha são de um plástico um pouco diferente do corpo no geral, sendo mais translúcidas e em cor transparente, por conta da iluminação RGB. Na área onde você parafusa os fans, temos uma área emborrachada, que deveriam ser mandatórias em fans hoje em dia, pois ajudam bastante na absorção da vibração e ruído extra.

Por conta do PÉSSIMO software proprietário da Gigabyte, o Fusion, e a minha placa Gigabyte Z390M Gaming, eu precisei adquirir um controlador RGB para continuar com esta análise. Acabei pegando um da própria CoolerMaster, que serve para fans RGB (existe um para ARGB), e com ele consegui fazer a iluminação funcionar corretamente.

No software MasterPlus+ é possível trocar entre alguns efeitos visuais (confira na foto abaixo). Infelizmente eles não possuem aquele efeito arco íris frenético, como outros fans da própria CoolerMaster. Mas para o que eles se propõem, funcionam muito bem, com iluminação que você pode trocar a intensidade e que iluminam legal o gabinete. As cores puxadas para o roxo e azul são um destaque à parte!

DESEMPENHO – Análise CoolerMaster Sickleflow 120 RGB

No papel, o Sickleflow 120 RGB conta com rolamento de rifle, que promete anos de funcionamento (160 mil horas de uso), rotações que variam entre 650-1800 RPM, 62 CMF, ruído entre 8-27dBA, conector PWM de 4 pinos, consumo de 1.8W, corrente de 0.37A (contando funcionamento com RGB) e 2 anos de garantia. Qualquer garantia acima do padrãozinho de 1 ano vale o destaque!

Para mensurar o desempenho, que para fans traduz-se como fluxo de ar e pressão estática, vamos usar um método bem primitivo e que ajuda a visualizar o desempenho entre fans. Trata-se de um lenço ou papel, preso com fita adesiva. Dependendo do fluxo de ar de cada fan, o lenço vai levantar mais ou menos.

Análise: mouse CoolerMaster MM711

E o resultado, você pode conferir neste vídeo não listado a baixo

No aspecto de ruído, temos uma análise mais subjetiva. O ruído vai variar de instalação para instalação. Se vai, por exemplo, ser apenas um fan de gabinete ou instalado em um radiador. Para tentar isolar estas variáveis, testei o fan fora do gabinete e criei uma escala fictícia de 0 até 10, onde 0 seria totalmente silencioso e imperceptível e 10 seria extremamente barulhento, mesmo fora do gabinete. Para meus ouvidos, na rotação máxima, o resultado foi 5.

CONCLUSÃO – Análise CoolerMaster Sickleflow 120 RGB

Se você visa tirar toda temperatura possível de seus componentes, com os melhores fans do mercado, você vai ter um árduo trabalho de pesquisa. Mesmo que você compre fans, tipo o Sickleflow, com boa qualidade de construção, boa marca por trás e bom fluxo de ar, a diferença para fans mequetrefes que acompanham a maioria dos gabinetes não é gigante. Mas ajuda, diminuindo a temperatura da configuração como um todo.

Acredito que a maior parte do público alvo vai focar no RGB, na iluminação, e nem tanto no desempenho. Quanto a isso, o SickleFlow 120 RGB cumpre o que promete, entregando RGB controlável via software.

Eles são fans componentes, com bom fluxo de ar, ruído na média para a categoria e design show de bola. Com iluminação ideal para quem quer personalizar seu gabinete, boa compatibilidade com sistemas proprietários de outras fabricantes e software competente MasterPlus+, eles são uma ótima escolha para unir bom desempenho e aparência.

NÍVEL DE RECOMENDAÇÃO: OURO

Pedro Nogueira

Formado em Administração e em GunZ: The Duel. Rei dos FPS e o Toretto dos jogos de corrida no site. O nerd/entusiasta do PC Master Race, responsável por análise de periféricos e hardware. Quebra um galho de streamer lá na twitch.tv/ultimaficha.
Botão Voltar ao topo